Olhando para fora dos seus quartos, os pacientes vêem pátios verdes e protegidos contra o ruído. O edifício de quatro partes tem um aspecto leve e deixa entrar muita luz. O cenário: os Alpes dos cantões de Vaud e Valais. Fora dos edificios incluem uma sequóia, a região vinícola de Chablais e a margem leste do Lago Genebra - a Riviera Suíça - com a cidade festiva de Montreux.

Assim é como os pacientes vivenciam o novo Hospital Riviera Chablais in Rennaz. O projeto conjunto dos cantões de Vaud e Valais está abrindo as portas no Outono de 2019 depois do período de construção de três anos. E com isso, a região está ganhando cuidados básicos da saúde a um novo nível para 180.000 pessoas.

Da esquerda para direita: Walter Kurzen, R&M Suíça; Rafael Petit-Jean, responsável pelo planejamento da Bouygues, Suíça AG, Marion Adijman, Supervisor de trabalhos internos em Steiner AG, Philippe Vuagniaux, Líder de infraestrutura de projetos em FHVI (Fédération des Hôpitaux Vaudois Informatique)

Mas este novo começo tem muito mais a oferecer do que o que você normalmente esperaria de uma clinica de cuidados intensivos. Os quartos dos pacientes têm conforto e ambiente hoteleiro. A maioria desses são quartos com camas de solteiro e banheiro. Isso assegura a privacidade e mantem o risco a infecções no mínimo.

Os Pacientes têm o mundo inteiro de comunicações à sua disposição com terminais da Ascom. Todo quarto apresenta essa ultra cômoda interface digital.

Gerenciamento útil de pacientes

Com o objetivo de evitar tempo de espera e impasses, o Hospital adotou uma nova tendência nas admissões e simplificou toda organização de uma maneira revolucionária. A recepção central torna mais fácil a vida de todos os envolvidos. As pessoas lá possuem uma visão geral, fornecem informações, cuidam dos dados e ajudam as pessoas a chegar onde elas precisam ir. Uma equipe comprometida está disponível para os clientes todos os dias de 06:45 a 22:00.

Um portal online vem sendo criado para todos serviços relativos a dúvidas, admissões, estadia dos pacientes no hospital e sua recuperação. Isso está baseado na última tecnologia digital e tem uma proposta multifuncional. Por exemplo, esse é o centro de toda comunicação de todo processo médico. Todas as aplicações do hospital executam o protocolo de internet. (Tudo sobre IP).

O foco do portal é aproximar os pacientes do Hospital tanto quanto é possível. Eles podem retomar ao sistema de tratamento imediatamente e digitalmente de uma forma cômoda. O portal online torna possível o agendamento de compromissos, gerenciar dados, entrar em contato com médicos, a gerência e muito mais. O hospital refere-se a isso como um “Canal de Comunicação Privilegiada” para antes, durante e depois dos cuidados médicos. 

O toque humano mais tudo sobre IP

A ideia de ser próximo dos pacientes desempenha um papel importante. A tecnologia está sendo usada para o bem dos pacientes e não em detrimento do toque pessoal nos cuidados hospitalares. O Hospital Reviera-Chablais, enfatiza o humano e trata com cuidados todas as coisas. Um exemplo: Dois mediadores qualificados estão disponíveis para dialogo entre pacientes, familiares e especialistas internos do hospital. Uma sala de mediação está disponível para discussões imediatas e resolução de conflitos. 

O nome do jogo nas dez salas de operações é também: Tudo sobre IP. Numerosas conexões nas paredes possibilitam o acesso à rede. Os dispositivos médicos trabalham a base de tecnologia digital. A equipe utiliza um sistema de multimídia com Touchscreens nas paredes para operar todas aplicações tão bem como a tecnologia da sala.

A rede de dados de última geração é a base da digitalização. O hospital tem que estar apto a cumprir os mais altos requisitos técnicos. É por isso que a única solução foi implementar uma infraestrutura proporcionalmente de alta qualidade e segura.  

Completamente confiável.

Após uma complexa avaliação de possíveis fornecedores, o Contratante Steiner AG, decidiu trabalhar com a R&M. Samuel Maillardet de Steiner AG disse: “Vários fornecedores foram avaliados para a área de rede. R&M foi escolhida devido a sua boa reputação. Nosso parceiro de instalação Bouygues tinha recomendado a empresa”.  

Raphael Petit Jean, o chefe de planejamento na Bouygues, disse: “Com um projeto tão grande, preciso de parceiros que possa confiar 100%. Eu venho conhecendo a R&M como exatamente esse tipo de parceiro e assim não hesitaria em recomendar a empresa. Devido a magnitude do Projeto, o projetista foi confrontado com imensas tarefas de coordenação. Mesmo que o menor dos problemas se repita, pode logo se tornar um grande problema”, disse Raphael Petit Jean.

Constante suporte no local

Obras iniciadas na primavera de 2015. A instalação foi realizada entre o meio de 2017 e final de 2018, levando mais tempo do que o planejado inicialmente. Atrasos no planejamento do projeto, mudanças da arquitetura das redes óticas e a concepção especial dos Datas Centers tiverem que ser levados em consideração. 

Os envolvidos no projeto confirmam: R&M forneceu o melhor suporte durante toda a instalação. Os especialistas da R&M estavam sempre no local quando decisões estavam sendo feitas sobre desafios inesperados. O fornecimento ocorreu em seções. Isso garantiu o uso otimizado da capacidade de instalação. Os produtos não têm que ser estocados no local em ambientes empoeirados da nova construção. 

Samuel Maillardet, site supervisor, responsible for electrical engineering, Steiner AG

Samuel Maillardest está satisfeito: “Todo trabalho foi simplesmente extraordinário. Nós agora temos perfeitamente instalada uma rede de comunicação preparada para o futuro”. A Líder de Projetos Alexia Tournier conclui: “Eu particularmente gostaria de agradecer a R&M por sua rápida resposta às nossas necessidades, assim como pela alta qualidade da entrega”.

Todo trabalho foi simplesmente extraordinário. Nós agora temos perfeitamente instalada uma rede de comunicação preparada para o futuro

Samuel Maillardet, Supervisor de obra, responsável pela Engenharia elétrica, Steiner AG.