“Quando nós instalamos um distribuidor na sede hoje, nós ficamos frente as necessidades especificas da instalação inicial. Mas nós não sabemos o que novos requisitos irão trazer no futuro”, diz Hansjörg Weimer, Gerente Técnico e Líder de Projeto de avaliação ODF na Swisscom (Suíça) AG, na situação inicial. Pode ser que cabos breakout adicionais sejam usados mais tarde ou que as fibras tenham que ser emendadas posteriormente. Emendas adicionais, conectores de uma fibra ou multifibras podem ter que ser instalados para novos serviços.

Devido ao futuro ser tão incerto, os planejadores da Swisscom e a equipe de montagem querem mais flexibilidade. Eles querem ser aptos a estender ou reorganizar distribuidores fibra óptica na rede principal para estender o que for solicitado a qualquer momento. Hansjörg Weimer explica: “Para nós modularidade significa que nós procuramos um quadro de distribuição hoje e o montamos parcialmente, e que nós podemos adiciona-los em outros sub-racks e plugar em unidades mais tarde quando precisarmos. E isso é algo que não havia nos antigos distribuidores”.

Isso é o motivo pelo qual a Swisscom estava procurando por uma nova geração de distribuidores para sua sede. A empresa previu construção básica tão simples quanto possível que pode rapidamente ser adaptada para o cenário atual e futuro – com baixo custo por porta. Todas as variáveis da expansão da rede devem ser fáceis de implementar.

A rede principal, o backbone de todo serviço da Swisscom, consistiu quase que exclusivamente de cabeamento em Fibra Óptica para mais de 30 anos. Essa infraestrutura básica de fibra óptica continuará ganhando significado. Clientes empresariais, data centers, rede de telefonia celular, sedes remotas e as redes de acesso em rápido crescimento da Swisscom (FTTH, FTTS, FTTB etc.) irá sobrecarregar cada vez mais a rede. E a expansão variável tem de ser assegurada, pois é assim que a Swisscom pode garantir a transmissão rápida de dados em banda larga em grandes distâncias, em qualquer lugar e a qualquer momento.

Na procura pela nova plataforma de distribuição modular, a Swisscom não quis somente confiar nas descrições técnicas, catálogos e preço. Inúmeras pessoas envolvidas da empresa foram convidados a definir os seus requisitos e foram criadas especificações técnicas nesta base. A Swisscom levou dois meses testando produtos adequados de vários fornecedores. 

Custos de portas otimizados

“Eu avalio a R&M como uma parceira confiável, inovadora e estável de longo prazo com a variedade de produtos de alta qualidade que atendem as solicitações do mercado. Nós gostamos de serviços de consultoria e suporte construtivos e orientados para objetivos específicos com funcionários especializados em todos os nossos projetos”.

HANSJÖRG WEIMER, GESTOR TÉCNICO E RESPONSÁVEL PELA AVALIAÇÃO DE PROJETOS, SWISSCOM (SUÍÇA) AG

A R&Mfoxs ODF ficou em primeiro lugar no exame global dos requisitos comerciais e técnicos, de acordo com as especificações técnicas, custos e resultados dos testes práticos. Isso significa duas mudanças fundamentais para Swisscom: flexibilidade, por que o R&Mfoxs ODF oferece mais possibilidades em termos de conectores e seleção de módulos. Segundo, menor custo por porta, alguns clientes se beneficiarão na forma de preços competitivos.

Um dos Grupos de Telecomunicações decidiu pelo R&Mfoxs ODF, a Swisscom e a R&M prepararam a mudança de tecnologia juntos. Alguns componentes foram adaptados e pradronizados para atender aos desejos da Swisscom. A R&M definiu o pedido especifico e processo logistico. Racks e Módulos podem ser entregues a medida que o projeto requer. Além disso a R&M oferece sessões de treinamentos e fornece um manual de instalação assim como outras documentações. Instaladores podem solicitar a documentação de forma digital usando o QR code nos racks.

O planejamento a longo prazo é equipar mais de 900 locais em toda Suiça com o R&Mfoxs ODF. Os distribuidores estarão em operação por muitas decadas. A instalação começou no verão de 2018. 

O projeto piloto em Zug

No local de Zug, cerca de 3.000 fibras de cabos externos tiveram de ser reemendados. Além disso, havia cerca de 1.000 fibras trunks internas para dispositivos de conexão, parceiros de instalação, antenas de comunicação móvel, bem como trunks para a rede FTTX.

A base da série R&Mfoxs introduzida pela Swisscom inclui plataformas de distribuição ODF R&Mfoxs abertas com 180 e 220 cm de altura. No escritório central da Zug, existem atualmente seis R&Mfoxs ODF 220cm em uso, equipados de várias formas.

Esquerda: Hansjörg Weimer, Gerente Técnico e Líder de Projeto de Avaliação ODF, Swisscom (Suíça) AG; direita: Roger Albisser, Líder Técnico para a Região Central, Gerenciamento de Rede, Swisscom (Suíça) AG

Processo de avaliação abrangente na Swisscom

Como parte da avaliação da nova plataforma de distribuição, a Swisscom acessou mais do que dados técnicos. Produtos selecionados de cinco fabricantes foram sujeitados a dois meses de teste em Zurich.

A equipe de teste foi composta por instaladores internos e externos e funcionários de serviço de campo.  A equipe montou e equipou os racks, às vezes sob extrema pressão de tempo. Isto incluiu o:

  • emenda de cabos subterrâneos
  • inserção de cabos breakout
  • Ligação de conexões de patch cords
  • acompanhamento dos processos de montagem
  • avaliação do grau de modularidade

A equipe de avaliação deu as montadoras em teste um questionario que tinha que ser completado em detalhes. Isso garantiu uma vasta gama de informações para posterior avaliação. Usando os resultados dos testes, eles puderam também estimar quanto trabalho a plataforma gera – um fator importante quando se trata de despesas operacionais.

A R&Mfoxs ODF mostrou uma figura convincente, especialmente devido ao seu princípio modular e tecnologia de montagem intuitiva. Todas áreas de trabalho são facilmente acessadas. Uma montagem vem sendo completada, tudo está fixado no lugar certo. Não há movimentação das fibras, um fator que aumenta a confiabilidade operacional. Os instaladores de teste classificaram isto como muito importante. O Diretor Técnico Hansjörg Weimer descreve o material utilizado no R&Mfoxs ODF como sendo de alta qualidade e adequado à finalidade. A relação preço-desempenho também corresponde às expectativas.

Como Weimer diz: “Com o R&Mfoxs ODF, nós estamos ganhando consideravelmente um sistema modular que nós temos usado até hoje. Isso significa que nós podemos usar cabos e conectores mais precisamente. O baixo custo por porta e o simples manuseio reduz investimentos e despesas operacionais, algo que beneficia os nossos clientes. Com questões fundamentais tais como a avaliação e  lançamento do novo produto de infraestrutura, nós consideramos que vale a pena submeter os produtos a testes práticos aprofundados num ambiente tão realista quanto possível. Somente então os desafios e custos no dia a dia dos negócios estão claros. Produtos de infraestrutura são implementados a longo prazo e incorrem em custos operacionais durante um longo período.Você tem que tentar determinar e comparar isso tão precisamente quanto for possivel”.